domingo, 5 de março de 2017

Francisco Canindé - Primeiro dirigente

Francisco Canindé - Primeiro dirigente
Em 20 de fevereiro de 1969, a igreja de Natal comprou um salão que foi adequado para servir como congregação. Antes, os cultos eram realizados nos lares. Nessa época a igreja de Córrego era liderada pela igreja de Lagoa de Pedras cujo Pastor era Antônio Tomaz da Silva. O mesmo designou o irmão Francisco Canindé para dirigir a congregação o qual ficou até novembro, precisando viajar para a cidade de Bom Jesus para garantir o sustento de sua família.

Conta o irmão Francisco Canindé: “Fui para Bom Jesus com a chama do evangelho acesa em minha vida. Chegando lá só encontrei um crente. Falei das Boas Novas no Córrego e combinamos em expandir o evangelho na pequena Panelas (nome antigo de Bom Jesus). Realizamos cultos em muitos lares e contamos com a ajuda de muitos irmãos do Córrego”.
Salão doado pela igreja de Natal

Aluízio Gomes
1º Secretário
Em março de 1970, o irmão Francisco Canindé voltou para o Córrego e reassumiu o trabalho. Logo reuniu os irmãos e nomeou o irmão José Varela como Tesoureiro e o irmão Aluízio Gomes como Secretário. A congregação então passou por uma fase de organização e cada vez crescia mais.

Em 18 de fevereiro de 1974, foi criado o Círculo de Oração, tendo como dirigentes as irmãs Sebastiana Ramos (irmã Quinha) e Lourdes Inácio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário